Pokémon World Festival 2017: Saiba Tudo o que Aconteceu No Evento do Outro Lado do Mundo!



Nos dias 05, 06 e 07 de Maio, aconteceu na Coreia do Sul o Pokémon World Festival 2017, um evento organizado pela equipe da The Pokémon Company Korea, e nós do Pokémon Center estivemos presente no evento durante os dois últimos dias. Nesse post vamos contar pra vocês um pouquinho de como foi esse evento.

A semana do evento foi inteira de feriados, incluindo o Dia das Crianças, que foi na sexta-feira (05/05). Graças a isso, e pelo fato do real público da franquia serem as crianças (falaremos um pouco mais disso num post sobre como é viver na Coreia, onde há uma forte presença da The Pokémon Company), diversas atividades voltadas para elas aconteceram no evento. O Pokémon World Festival 2017, também chamado de "Pokémon Town", aconteceu na Triple Street, em Incheon, e é nada mais do que um enorme shopping "aberto". Em diversas áreas onde serviam como praças de alimentação ou apenas locai para as pessoas sentarem e conversarem, havia um mini game. Derrubar bolinhas de golf com pistolas d'água, Labirinto Pokémon, Basquete, etc. Cada mini game possuía uma pessoa da Staff que dava as orientações, e ao final de cada jogo você recebia um papel para colocar seus dados e concorrer a pelúcias gigantes que seriam sorteadas após o evento.


Além dos mini games, uma das principais atrações do evento era a famosa performance dos Pikachus. Quem nunca viu vídeos de diversos Pikachus dançando em eventos oficiais do Japão? Pois é, eles também marcaram presença no Pokémon Town 2017. Houveram apresentações no dia 06 de Maio, em que eles desfilavam pelo evento para que as pessoas pudessem tirar fotos com eles, e depois iam para o palco principal, onde pessoas ocupando todos os espaços da enorme arquibancada estavam esperando pela apresentação. O grupo dançava a sua coreografia principal, e logo em seguida dançavam uma música aleatória de K-Pop, que nas apresentações que vi foram TT (TWICE) e Pick Me (I.O.I.).

Ser um evento oficial de Pokémon e não ter uma loja, não é um evento oficial de Pokémon, certo? Até mesmo os eventos brasileiros de Pokémon, como o Internacional Challenge da América Latina, que ocorreu nos dias 21 a 23 de Abril, tive a sua própria loja. Por aqui não foi diferente: houve uma Pop-up Store do Pokémon Center lá. Pelúcias, canetas, cadernos, lanches, canecas, broches etc. Diversos tipos de produtos oficiais produzidos pela The Pokémon Company Korea estavam lá, e que também podem ser adquiridos através da loja oficial (apesar de alguns estarem em falta). A maior parte dos produtos eram do Pikachu, mas também tivemos alguns produtos dos Pokémon de Alola por lá, como pelúcias, mouse pads, etc. Lojas parceiras também estavam nesta Pop-up Store: havia um stand da Tonymoly vendendo seus produtos de beleza e maquiagens de Pokémon, o Hana Bank estava oferecendo cartões de crédito de Pokémon caso as pessoas quisessem abrir uma conta; e o O.S.T. vendeu caixas de som bluetooth de Pokébola, brincos, relógios, etc.


Por fim, houveram também torneios oficiais de Pokémon de VG e TCG. O torneio de TCG aconteceu no sábado (06), enquanto que o de VG ocorreu no domingo (07). No sábado, como foi o meu primeiro dia no evento, acabei gastando mais tempo conhecendo todas as atividades do evento, e por isso acabei perdendo o torneio de TCG. Porém, pude acompanhar o torneio de VGC a partir do Top 16, e pude conhecer também um dos mais famosos jogadores coreanos: Sejun Park, que acabou ficando no Top 4 com uma estratégia bem diferente para o metagame atual, usando um Shiny Eevee com sua Eevium Z, passando seus stats aumentados para o próximo Pokémon.

Uma das coisas que mais me surpreendeu foi o fato da The Pokémon Company não ter feito eventos com trava de região, como eram feitos antigamente. Pessoas com jogos de outras regiões, como o meu que é americano, não tiveram problema nenhum para pegar o Mew de evento e um PokéEgg na distribuição especial do dia das crianças. Parece que finalmente as coisas estão começando a evoluir nesse sentido, fazendo com que os eventos não sejam necessairamente exclusivo para um país simplesmente pelo fato de estar acontecendo nele.

Apesar do evento em si ter sido voltado para as crianças, foi uma experiência incrível para os fãs da franquia de qualquer idade, principalmente para aqueles que nunca participaram de um evento assim (principalmente pelo fato de não haver TPC em nosso país, apesar da Copag organizar eventos oficiais no Brasil). Além disso, por ter sido feita num shopping, haviam diversos locais para ficar, conhecer novas pessoas e até conseguir uns novos Pokémon ou testar o(s) time(s) em batalhas. A logística do evento estava muito bem organizada (o que era de se esperar), e os produtos da loja me fizeram passar pelo menos 2 horas andando de um lado para o outro sem saber o que comprar (e torcendo pra mais dinheiro surgir milagrosamente na minha carteira).




Pokémon World Festival 2017

Entradas similares

0 Comentarios